O mais importante é manter-se humano

São tantas as mensagens negativas postadas ou compartilhadas nas redes sociais, muitas vezes por pessoas sensatas, que às vezes sentimos que estamos no Plistoceno, também chamada de Era do Gelo, que terminou há cerca de 10 mil anos.

Historicamente o Brasil sempre foi violento, sobretudo em momentos políticos, mas desde a Constituição de 88 estávamos mais civilizados e nunca chegamos a um nível de violência tão grande como agora.

Discursos de ódio, ofensas gratuitas, divulgações de mentiras, preconceitos, fanatismos, declarações explícitas de violência, apologias ao atraso, entre outras.

Sobram discursos de ódio e faltam argumentos sobre a reflexão, a solidariedade, a compaixão, a consciência, o futuro e os valores que queremos para uma sociedade civilizada.

George Orwell estava certo quando nos alertou, no clássico “1984”, que “o mais importante não é permanecer vivo, mas manter-se humano.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *