Marielle presente

A Mangueira homenageou os heróis populares e foi campeã. Entre as homenageadas está Marielle, cuja morte está prestes a completar um ano e continua sem esclarecimento das respectivas autorias. 

Além da falta de elucidação dos fatos, nos últimos tempos tem ocorrido afrontas à sua memória, como os atos que envolveram a placa de rua em sua homenagem. 

Segundo noticiou “O Globo” (14/02/2019), o deputado que quebrou a placa emoldurou um pedaço dela e o colocou na parede do seu gabinete. 

Essa e outras histórias envolvendo Marielle são carregadas de violência simbólica que afetam a nossa imagem em todo o mundo. Quanto mais profanação à imagem de Marielle, mais ela será reconhecida no exterior. Ainda vamos ter muita vergonha de tudo isso que está ocorrendo.

Contudo, a figura de Marielle não desperta somente infâmia e ataques a sua pessoa. A sua imagem transcende as questões político-partidárias e os seus exemplos de vida e de garra são fontes de inspiração para todos aqueles que lutam por um mundo mais justo e inclusivo para os negros, minorias, crianças e jovens sem escola, e demais pessoas excluídas dos seus direitos básicos.

Marielle continuará presente entre nós e a Mangueira provou isto.

Foto: G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *