A Tragédia de Sarriá

Trinta e sete anos da tragédia de Sarriá, ocorrida em 05 de julho de 1982. Passou rápido demais. Para quem não sabe, a tragédia de Sarriá se refere à derrota da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1982. Uma grande dor para o povo brasileiro.

Aquela foi a seleção das seleções, fez o show dos shows e a arte das artes, de um futebol que encantou o mundo.

Porém, nas “quartas de final” um tal Paolo Rossi, que ninguém conhecia, fez três gols e colocou água no chope na empolgação e na comemoração dos brasileiros: Itália 3 x 2 Brasil. O carrasco brasileiro tornou-se um herói italiano. 

Imagina uma seleção de craques? E quando falamos em craques não pensamos em qualquer um, mas sim em gênios do futebol, como Oscar, Toninho Cerezo, Sócrates, Zico, Falcão, todos que brilhavam naquela seleção.

Uma densa bruma naquela noite de inverno misturou-se com o desalento dos brasileiros, tornando aquele dia muito frio e triste, passando a sensação para os mais jovens, como éramos à época, de que a vida é sempre triste.

“Nunca uma seleção brilhara tanto numa Copa do Mundo”, diziam uns; perdemos por excesso de confiança”, diziam outros. 

Nunca entendi direito essa história de que o “excesso de confiança” faz alguém perder alguma coisa, mas que a derrota naquele ano foi uma marca indelével na alma dos brasileiros, isso foi. 

Que show minha gente! Assistam! A maior seleção de toda história.

Copa 1982

QUANDO ALGUÉM PERGUNTARse a seleção de 1982 jogava bem , mostre isso… Simplemente genial#SintomadeCultura

Publicado por Sintoma de Cultura em Domingo, 24 de junho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *